sexta-feira, janeiro 23, 2009

Já foste, já não és...e talvez nunca mais venhas a ser!

Às vezes falas dos outros como se tu não tivesses um único defeito, dizes-me para não seguir o que vai no meu pensamento, que ele não é o que parece, que não me merece, e afinal quem és tu para classificar os outros?!
Uma amiga é certo, mas não tão importante como julgas ser e como eu também já pensei que fosses.
Tens atitutes que me desiludem, atitudes que criticas nos outros mas que também acabas por as fazer. Mesmo agora me desiludiste...
Pode ser que um dia, quando precisares de fazer algo que seja verdadeiramente importante para ti, e precises de mim, talvez eu aí te vire as costas e siga noutro barco, como fizeste agora comigo. Não que eu seja igual a ti, porque não sou e sei que tenho defeitos, mas pelos amigos daria a volta ao mundo...mas só pelos verdadeiros, dos quais já fizeste parte mas já não fazes mais.

1 comentário:

pedro crispim disse...

parabens pelo blog

é verdade as maiores decepções que temos na vida, partem de pessoas,normalmente de pessoas que nos são proximas, e em quem depositamos expectativas e as quais nos ligamos de forma intensa.
as vezes temos que ver a outra leitura da historia, para não existirem mal entendidos.

beijos
sucessos